28 dez, 2023

Volume de Trading: Um Guia Detalhado de Como Usá-lo

Volumes de trading: tudo que você precisa saber sobre os volumes de trading e como usá-los em suas estratégias
Volumes de trading: tudo que você precisa saber sobre os volumes de trading e como usá-los em suas estratégias

O volume de trading, ou volume de negócios, é algo que gera grande impacto em qualquer discussão sobre trading. Embora seja possível encontrar volumes puros na negociação de ações de empresas, pois elas são disponibilizadas em bolsas de valores específicas, quando se trata do mercado Forex, os volumes são contestáveis, pois é impossível identificar volumes verdadeiros nesse mercado interbancário. Neste artigo, vamos ver algumas informações sobre os volumes de trading e sua utilidade em diversos mercados.

Volume de Trading: Quais Fatores o Influenciam?

As alterações de volume podem ser explicadas pelas mudanças no humor do mercado. Quando ele aumenta ou diminui, algo com certeza está por trás dos movimentos de preço, seja o ganho de receita de uma empresa, perda de interesse em um determinado ativo, etc. Como você provavelmente deve saber, os fundamentos, junto com notícias de última hora sobre política e economia, são as principais coisas que podem contribuir para as mudanças de volume. Logo a seguir, estão os principais fatores que podem aumentar o volume de negócios no mercado Forex, de criptomoedas (ou moedas que utilizam criptografia), commodities ou ações:

  • Horário. O volume de negócios depende muito do horário. Por exemplo, se você está negociando ações de empresas dos EUA, precisa saber o horário exato de funcionamento das bolsas locais. O mesmo se aplica a quaisquer outras ações de qualquer região. As moedas, por sua vez, são negociadas 24 horas por dia, 5 dias por semana, mas mesmo nesse caso, os volumes de trading não são semelhantes ao longo do dia. Por exemplo, para moedas asiáticas, o horário mais ativo coincide com as bolsas do Japão e da China, enquanto que para o EUR, o horário de negociação mais ativo é durante as aberturas das bolsas europeias;
  • Dados econômicos. Todos os ativos estão sujeitos à influência econômica. Quando um governo deseja estimular o crescimento econômico e o aumento das receitas, é mais provável que os bancos centrais diminuam as taxas de juros, o que leva a um aumento no volume de negócios, pois os traders querem se livrar dessas moedas. Por outro lado, isso pode levar a um aumento nos preços das ações, pois taxas de juros menores geram maiores volumes de liquidez barata que, em parte, é direcionada para os mercados financeiros;
  • Notícias (políticas e econômicas). As notícias, principalmente aquelas de última de hora, são conhecidas pelo gigantesco impacto que causam nos volumes. Elas geralmente provocam pânico, o que, consequentemente, gera um aumento significativo no volume de negócios. Notícias positivas, por sua vez, podem gerar euforia no mercado e também aumentar os volumes de trading. Eventos inesperados sempre causam um maior impacto no volume de negócios. A receita do sucesso é ficar de olho nas notícias e procurar entender como elas podem afetar o mercado;
  • Análise técnica e níveis. Quando o preço está próximo de seus níveis principais, tanto o de suporte quanto o de resistência, você pode esperar um aumento significativo nos volumes de trading assim que ele romper essas linhas. Muitos traders profissionais observam esses níveis para prever se o volume irá aumentar ou diminuir.

Os volumes de trading também podem ser afetados por dias ou meses específicos do ano. Por exemplo, durante feriados nacionais e internacionais, o volume de negócios normalmente é mais baixo, algo que pode ser visto claramente nos gráficos. A lógica por trás disso é muito simples. Mesmo que as bolsas ou o mercado Forex funcionem nesses dias (ou fechem), o número de participantes do mercado será drasticamente mais baixo do que o normal, o que gera volumes menores.

Um bom exemplo disso é o feriado de 4 de julho comemorado nos Estados Unidos. Nesse caso, embora outros mercados estejam funcionando, os volumes serão menores neste dia, pois os participantes do mercado dos EUA não vão estar operando.

Volume de Trading: Dicas Gerais

Os volumes podem ser usados de diversas maneiras, principalmente quando se trata do mercado de ações, onde esse parâmetro pode ser visto claramente a partir de uma determinada bolsa de valores. Logo a seguir, estão algumas recomendações que os traders podem usar para aplicar o volume de negócios em suas rotinas diárias e tentar aumentar suas receitas no trading:

Confirmação de uma Tendência

Todas as tendências são impulsionadas por um maior interesse dos traders em um ativo específico ou em um grupo de instrumentos financeiros. O preço precisa de combustível para continuar avançando e, nesse caso, o volume de negócios seria uma espécie de “gasolina”. Se você observar um preço aumentando, mas sendo acompanhado por volumes cada vez menores, isso significa que há uma falta de interesse numa ação de uma determinada empresa e também pode haver riscos de futuras reversões. No geral, qualquer movimento de preço significativo acompanhado por volumes menores não é um sinal de trading. Já quando o preço é impulsionado por volumes mais altos, esse pode ser considerado um sinal forte;

Perda de Força de uma Tendência

O volume de negócios pode ser particularmente útil quando se trata de encontrar reversões. Se você observar movimentos agudos de preço que não são confirmados por um aumento nos volumes ou por reversões de preço que são acompanhadas por um grande crescimento no volume de negócios, então pode esperar que o preço vai sofrer uma reversão e que a tendência anterior acabará;

Sinais Bullish

Quando o preço sobe e depois cai sem ocorrer nenhum aumento nos volumes, isso significa que os bears, ou vendedores, não estão conseguindo empurrar o preço para baixo. Na maioria dos casos, esses sinais podem ser interpretados como bullish, ou de alta.

Rompimentos Verdadeiros e Falsos

As estratégias de rompimento de range (intervalo ou faixa) são muito populares entre os traders. Quando confirmadas por um aumento no volume de negócios, elas podem ser sinais de entrada muito fortes. Por outro lado, se você observar um rompimento que não é confirmado pelos volumes, pode esperar que o preço voltará a ficar abaixo da resistência ou acima do suporte, pois essa é uma situação conhecida como um falso rompimento.

Posso Confiar nos Dados de Volume?

A confiabilidade dos dados de volume depende unicamente de sua fonte. Se você estiver negociando ações de uma empresa, receberá as informações de volume diretamente das bolsas de valores, que registram cada transação e sua quantidade e, dessa maneira, podem fornecer números exatos.

A precisão do volume de negócios do mercado Forex é questionável. Assim como mencionamos anteriormente, é impossível coletar informações exatas sobre cada banco que realizou transações e juntar todos esses dados. Portanto, não é possível visualizar os volumes reais quando se trata de FX.

Por conta disso, os traders criaram o processo de observar o volume de ticks. Essa abordagem se baseia no número de atualizações de preço que ocorrem durante um determinado intervalo. Embora esse pareça um ótimo método, pois cada mudança de preço pode ser tratada como uma alteração no volume, a realidade é bem diferente.

Com tudo isso em mente, podemos afirmar que você pode confiar nos dados das bolsas de ações. Já os ticks do mercado Forex ainda possuem muitas controvérsias, mas no final desse artigo, você estará apto a tomar sua própria decisão de acreditar ou não nos volumes de ticks.

Volume de Ticks no Forex: Prós e Contras

O volume de ticks é algo que você pode medir a cada alteração de preço. Portanto, ele pode parecer ideal para calcular o volume de negócios no mercado FX, mas antes de utilizá-lo, recomendamos que você leia os seguintes prós e contras.

Prós do Volume de Ticks

Essas são as vantagens desse método:

  • Esse tipo de medida de volume de trading permite que você tenha pelo menos uma compreensão superficial da quantidade de negócios realizados e da receita movimentada ao longo do dia;
  • Embora a situação possa diferir de corretora para corretora, o volume de ticks pode fornecer dados úteis em alguns pontos.

Essas são as desvantagens:

  • Primeiro e mais importante, um único tick de preço não te diz nada sobre a real situação do mercado. Uma leve mudança de preço pode ser provocada por um aumento no volume, mas às vezes, o preço também se movimenta com volumes menores. Seja como for, não dá para ter certeza de que o tick está te mostrando uma informação útil;
  • Os dados apresentados diferem de corretora para corretora. Com isso em mente, não dá para ter certeza de que o volume de ticks está refletindo o panorama real.

Devo Operar Usando o Volume de Ticks?

Embora os volumes reais das bolsas de ações possam ser muito úteis em várias situações, pois eles refletem a real situação do interesse em relação a um ativo específico, às vezes, o volume de ticks pode ser considerado algo “falso”, por conta de sua natureza.

Usar esse tipo de volume de trading pode ser útil em várias estratégias, onde os volumes não são o único indicador de uma tendência ou reversão e, nesses casos, eles podem até ajudar bastante. Falamos sobre confluência de sinais o tempo todo em nossos artigos e, quando se trata de volume de ticks, esse também é o caso. Adicionar essa “receita” de análise de volumes às suas estratégias provavelmente não fará nenhum mal. No entanto, você deve ter muito cuidado, principalmente por saber que o fluxo de dados varia entre as corretoras.

Seja como for, não é recomendado contar apenas com o volume de ticks. Essa informação deve ser confirmada por outros indicadores ou padrões de preço. Nunca se esqueça de que as mudanças de preço podem ocorrer com ou sem volumes. Portanto, se você tiver uma confluência de sinais do volume de ticks e de outros indicadores ou padrões, é aí que você pode começar a operar.

Conclusão

Os volumes de trading representam o interesse em relação aos ativos de vários mercados. Em outras palavras, se todos os tipos de participantes do mercado considerarem um ativo promissor, eles irão comprá-lo, o que, por sua vez, causará um aumento no volume. Por outro lado, se não houver nenhum interesse no ativo, o volume cairá.

Tenha em mente que existem dois tipos principais de volumes no trading. O primeiro vem diretamente das bolsas de valores e podem ser chamados de volumes “reais”, pois refletem a quantidade de trades que foram realizados numa área de negociação específica (mesmo quando se trata de bolsas online) e também a receita movimentada.

O segundo tipo é conhecido como volume de ticks e você deve pensar duas vezes antes de confiar nele. Ele se baseia nos ticks de preço que, por sua vez, podem ser gerados com ou sem um aumento real nos volumes por trás deles.

Perguntas Frequentes

Descubra o significado dos volumes de trading e a importância deles na tomada de decisões de trading
Descubra o significado dos volumes de trading e a importância deles na tomada de decisões de trading

O Que Significa Volume de Trading?

Ele representa a quantidade total de ações de empresas ou outros ativos que foram comprados ou vendidos durante um determinado intervalo.

O Que os Volumes de Trading Podem Nos Informar?

Primeiro e mais importante, os volumes de trading podem nos dar informações sobre o interesse em relação a um determinado ativo. Quando eles aumentam, podemos assumir que o interesse nesse ativo está crescendo e, dessa maneira, podemos esperar uma tendência futura.

Por Que os Volumes de Trading São Importantes?

Quando se trata de ações e volumes de trading reais, é difícil superestimar a importância deles. Com esses dados, você pode ver o interesse real em um determinado ativo, o que significa que é possível prever a direção do seu futuro movimento de preço com base nessa informação. Porém, quando se trata de volume de ticks, você deve ter sempre cuidado com ele, pois não se trata dos volumes reais das bolsas de valores, mas sim ticks de preço. Por mais que não pareça à primeira vista, esses ticks não são a receita do sucesso para lucrar no mercado Forex utilizando apenas volumes.

O Que um Volume Baixo Significa?

Um volume baixo normalmente significa que há uma tendência de baixa, pois poucos participantes do mercado estão interessados numa ação de uma determinada empresa ou outro ativo. Dessa maneira, o preço cai.

Social
Recommended
After subscribe