21 jun, 2024

Estratégias de Diversificação para Portfólios de Opções Digitais: Minimizando os Riscos

Estratégias de diversificação para o trading de opções digitais
Estratégias de diversificação para o trading de opções digitais

Um dos princípios fundamentais do trading de opções digitais, Forex ou ações é evitar colocar todos os “ovos” numa única “cesta”. Este princípio é descrito na maioria dos livros famosos sobre investimento e trading. As estratégias de diversificação são usadas por traders do varejo e grandes fundos de investimento. Até os bancos diversificam seus ativos e estratégias para continuar ganhando dinheiro. Ao ler este artigo, você descobrirá os fundamentos da diversificação no trading de opções digitais e Forex. Também daremos informações úteis sobre algumas estratégias interessantes que você pode utilizar assim que quiser. Se você já aplicou algumas dessas estratégias, crie uma conta na Binolla e comece a operar agora mesmo!

Explicando a Diversificação no Trading de Maneira Simples

O conceito de diversificação em opções digitais e Forex surgiu do mercado de ações. No passado, os investidores reduziam seus riscos comprando várias ações e outros ativos. A ideia por trás disso é simples. Se você comprar, por exemplo, apenas um par de moedas ou uma ação, o preço dela pode despencar e fazer você perder parte do dinheiro investido. Já ao alocar fundos entre duas moedas, as chances de cobrir as perdas de uma delas são maiores.

Imagine que você decidiu comprar EUR/USD a 1,0800 e diversificar seus riscos comprando AUD/USD a 0,6800. Se o primeiro par cair e chegar a 1,0790 e o segundo subir para 0,6820, seu lucro líquido será de 10 pips (-10 pips para EUR/USD e +20 pips para AUD/USD).

Hoje em dia, traders e investidores têm acesso a diferentes tipos de ativos. Eles não estão limitados apenas a moedas. Por exemplo, um trader pode comprar um par de moedas e ouro ou petróleo para diversificar seus riscos.

Os investidores costumam usar uma gama mais ampla de ativos para diversificar suas carteiras. Além disso, o número de ativos também é maior. Algumas carteiras podem incluir dezenas de ações, commodities, moedas, criptomoedas, índices etc. No entanto, mesmo com essa riqueza de ativos, a ideia é a mesma. Ao comprar vários ativos, os investidores tendem a se proteger dos riscos que podem surgir quando compram apenas uma moeda ou ação.

Tipos de Estratégias de Diversificação

Existem diversos tipos de estratégias de diversificação que os traders podem aplicar. Algumas delas estão relacionadas à adição de vários ativos aos seus portfólios de trading, enquanto outras podem girar em torno do uso de diferentes tipos de estratégias de trading.

Para te ajudar a entender melhor, vamos explorar as quatro principais abordagens de diversificação utilizadas pela maioria dos traders e investidores:

  • Diversificação de ativos. Essa abordagem sugere a compra de vários ativos para diversificar as atividades de trading ou investimento. Traders podem comprar pares de moedas, ações, índices, commodities, criptomoedas e outros ativos para mitigar os riscos.
  • Diversificação geográfica. Em vez de negociar ou investir em ativos de um único país ou região, os participantes do mercado podem criar carteiras com uma grande variedade de instrumentos. Isso os ajudará a superar riscos políticos e econômicos que podem afetar ativos pertencentes a um local. Além disso, essa abordagem permite que traders e investidores se familiarizem com mais oportunidades que eles poderiam perder escolhendo ativos de apenas uma região.
  • Diversificação setorial. Traders e investidores podem escolher ações pertencentes a um único setor. Essa pode ser uma boa abordagem se esse setor estiver prosperando. No entanto, geralmente, é melhor olhar para outros setores e indústrias para encontrar mais oportunidades. Além disso, com esse tipo de estratégia, traders e investidores poderão se proteger de riscos excessivos em épocas de reversões que podem afetar um único setor.
  • Planejamento do horizonte temporal. A diversificação também pode ser feita de acordo com seu horizonte temporal e expectativas. Alguns ativos podem trazer lucros imediatamente, enquanto outros podem ser comprados e mantidos, permitindo que você aproveite suas variações de preço de longo prazo. Essa última estratégia é relevante para ativos menos voláteis. No entanto, até mesmo comprar criptomoedas e mantê-las por um tempo durante as épocas mais quentes do mercado cripto pode ser uma ótima oportunidade para construir riqueza.

Conhecer esses métodos é algo muito útil para traders e investidores. No entanto, a teoria não é nada sem exemplos. Nos parágrafos seguintes, vamos explorar algumas estratégias de diversificação que você pode usar em várias situações.

Distribuindo Seu Saldo de Trading

Essa é uma das abordagens mais populares e amplamente utilizadas pelos traders. Em vez de investir todo o dinheiro em um único ativo, eles usam apenas uma parte dele. De acordo com a Regra de Pareto, os traders podem arriscar 20% de seus fundos e obter 80% de lucro ao negociar moedas ou ações altamente voláteis.

Portanto, se um trader depositar US$ 1.000, apenas US$ 200 devem ser usados para negociar ativos altamente voláteis. Se os participantes do mercado usarem estratégias eficazes, esse valor pode render a eles US$ 800 ao final do ciclo. 

Diversificação de Ativos

Ao comprar diferentes ativos, o trader não só pode mitigar seus riscos, como também ganhar dinheiro mesmo que um dos ativos comprados não se valorize. Já demos um exemplo disso na parte anterior do artigo. Agora, vamos nos aprofundar em algumas estratégias de diversificação de ativos usadas por traders em todo o mundo.

Comprando Dois Pares de Moedas Correlacionados

Comprando dois pares de moedas correlacionados
Comprando dois pares de moedas correlacionados

Traders de opções digitais podem usar essa estratégia para mitigar seus riscos e cobrir parte de suas perdas lucrando em outra operação. Um par de contratos Mais Altos para EUR/USD e GBP/USD permitirá que eles ganhem 60% em um contrato enquanto perdem 100% no outro. A diferença aqui é de 40%, o que significa que, em vez de perder 100%, o trader perderá apenas 40% neste caso específico.

Ao adicionar mais contratos, é possível ter resultados ainda melhores. Por exemplo, vamos imaginar que um trader comprou contratos Mais Altos para EUR/USD, GBP/USD e AUD/USD. A primeira operação falha com uma perda de 100%, enquanto as duas restantes geram lucros de 60% e 80%, respectivamente. Nesse caso específico, 100% das perdas serão cobertas por 140% de lucros, o que representa um lucro total de 40%. Como você pode ver, essa estratégia permite não apenas cobrir perdas, mas também obter alguns ganhos dependendo da rentabilidade do contrato.

Forex traders também podem usar essas estratégias para comprar moedas correlacionadas. No entanto, ao contrário das opções digitais, aqueles que negociam CFDs de Forex confiarão no número de pips que cada par de moedas fizer antes do fechamento da operação.

Vamos considerar outro exemplo. Um trader decide comprar EUR/USD a 1,0750. Depois de um tempo, o par de moedas cai para 1,0740, resultando em uma perda total de 10 pips. O trader percebe que, após a divulgação do PIB da Nova Zelândia, o NZD/USD subiu para 0,6010. Ele decide comprar este par de moedas também nesse nível. Após algumas horas, o EUR/USD é negociado a 1,0730, enquanto o NZD/USD consegue atingir 0,6030. Nesse caso, a perda total é de 20 pips, se igualando ao lucro total, que também é de 20 pips.

Posteriormente, o trader percebe que manter EUR/USD não faz sentido, pois o par de moedas não mostra sinais de recuperação. Então, ele decide fechar a operação com uma perda de 20 pips e manter o NZD/USD, que subiu ainda mais e atingiu 0,6035, obtendo um lucro total de 5 pips. Se o NZD/USD continuar subindo, o lucro total será ainda maior.

Comprando Moedas com Correlação Oposta

Comprando dois pares de moedas com correlação oposta
Comprando dois pares de moedas com correlação oposta

Essa estratégia pode ser aplicada tanto por Forex traders quanto por traders de opções digitais. Esses últimos podem comprar EUR/USD e USD/JPY, por exemplo, esperando que as perdas de um par de moedas sejam parcialmente cobertas pelos lucros de outro. Embora essa estratégia seja semelhante à anterior, a diferença aqui é que consideramos pares de moedas com correlações opostas. Isso significa que se o EUR/USD subir, o USD/JPY normalmente despencará e vice-versa.

Imagine que um trader comprou um contrato Mais Alto ao negociar EUR/USD com preço de exercício em 1,0800. Ele também decidiu cobrir os riscos comprando um contrato Mais Alto para o USD/JPY com 155,00 como preço de exercício. Nessa situação, o EUR/USD caiu e o contrato expirou com perda de 100%, enquanto o USD/JPY subiu e o contrato expirou com lucros. Aqui, a diferença entre a rentabilidade importa. Se a rentabilidade do último contrato for de 80%, por exemplo, a diferença entre ele e a perda será de apenas 20%. Sendo assim, se o trader investir US$ 10, ele perderá US$ 2 em vez de US$ 10 nessa situação.

Adicionar outro contrato ao portfólio de trading pode ser ainda mais interessante. Imagine que, em vez de comprar um contrato Mais Alto para o USD/JPY para cobrir os riscos, o trader decide comprar contratos Mais Altos para o USD/JPY e USD/CAD, que possuem correlação direta entre si. Ambos os contratos têm rentabilidade de 80%. Semelhante à estratégia anterior, nesse cenário, o trader terá 60% de lucro líquido, pois sua perda de 100% no contrato EUR/USD será coberta por 160% de lucro nos contratos USD/JPY e USD/CAD.

Traders de CFDs de Forex podem usar a mesma abordagem. No entanto, semelhante ao caso anterior, aqui tudo dependerá do número de pips que ambos os pares de moedas fizerem antes que o trader feche a operação (ou o stop loss seja acionado).

Diversificação Entre Mercados

Traders profissionais costumam analisar vários mercados ao buscar oportunidades de diversificação do portfólio de trading. Além de comprar contratos para pares de moedas, os participantes do mercado podem diversificar com outros ativos, incluindo ações, commodities e até mesmo criptomoedas. Semelhante às duas estratégias já descritas, os traders devem primeiro pensar em correlação. 

Todos os ativos podem ser divididos em dois grupos: aqueles usados como safe haven, ou porto seguro, e os ativos pertencentes ao grupo de instrumentos utilizados quando o apetite pelo risco é alto. O EUR/USD, por exemplo, pertence ao segundo grupo, enquanto o ouro é um porto seguro geralmente comprado por investidores que buscam oportunidades para proteger suas posições durante os períodos de turbulência do mercado.

Como funciona a diversificação entre mercados? Imagine que você comprou um contrato Mais Alto para o EUR/USD a 1,0800. O preço do ativo caiu antes do vencimento e você percebe que algo deu errado e é improvável que o EUR/USD esteja acima de 1,0800 no vencimento. A opção aqui pode ser simplesmente esperar e entrar no mercado em melhores condições ou tentar salvar o dia e comprar outro contrato Mais Alto ou Mais Baixo, dependendo do ativo que você escolher.

Por exemplo, você vê que o ouro se torna mais atraente à medida que o apetite pelo risco diminui. Portanto, você pode comprar um contrato Mais Alto para o XAU/USD. Se esse último lhe trouxer lucro, você cobrirá parte de suas perdas no EUR/USD de maneira semelhante à descrita no exemplo anterior. 

Diversificação de Estratégias de Trading

A diversificação no trading não está necessariamente relacionada à compra de diversos ativos. Os traders também podem diversificar suas estratégias ao negociar um único ativo para tirar o máximo de várias condições de mercado. Por exemplo, se o preço estiver oscilando por um tempo, o trader pode aplicar estratégias de range bound que permitam aproveitar reversões de preço dentro do range. 

Outras estratégias podem ser aplicadas durante rompimentos. Se o mercado estiver em tendência, então o trader pode usar métodos de trend following. Além disso, a diversificação de estratégias de trading pode incluir a análise de vários prazos, permitindo que os participantes do mercado estejam cientes das principais tendências e correções.

Usando Vários Tempos Gráficos no Trading

Operar com diferentes tempos gráficos também pode aumentar suas chances de lucrar. Os traders podem usar alguns tempos gráficos para analisar a situação atual do mercado e, então, tomar uma decisão com base nas tendências de longo prazo.

Binolla Blog Image - Estratégias de Diversificação para Portfólios de Opções Digitais: Minimizando os Riscos 4

Um exemplo pode ser encontrado nos gráficos por hora e minuto do USD/JPY. O trader de opções digitais pode usar o gráfico por hora como o principal, onde busca tendências gerais do mercado. Depois de identificá-la (uma tendência de alta, no nosso caso), o trader pode mudar para um gráfico de menor escala para abrir operações. Nesse caso específico, temos uma tendência de alta no gráfico por hora, o que significa que a melhor solução para negociar no gráfico por minuto é comprar contratos Mais Altos quando surgir um sinal.

Estratégias de Range Bound

Estratégias de diversificação com range bound
Estratégias de diversificação com range bound

Operar em um range pode ser muito lucrativo e simples, pois a única coisa que o trader precisa fazer é esperar o preço testar um dos níveis. Se o preço atingir a linha de resistência, então, assim que ele começar a cair, o trader pode comprar um contrato Mais Baixo ou vender o ativo. Se o preço sofrer uma reversão a partir do nível de suporte, o participante do mercado pode comprar um contrato Mais Alto ou simplesmente comprar o ativo. Essa estratégia funciona em qualquer canal, mesmo que o preço esteja subindo ao longo da linha de tendência ascendente ou descendo ao longo da linha de tendência descendente.

Estratégias de Rompimento

Estratégias de diversificação com rompimentos
Estratégias de diversificação com rompimentos

Ao pensar em diversificação, é possível adicionar uma boa estratégia de rompimento ao seu arsenal de trading. Essa estratégia se baseia em um sinal simples que surge quando o preço rompe um dos níveis. Nesse caso específico, podemos ver que o USD/JPY rompeu acima da resistência e depois se manteve acima dela. Essa estratégia é boa tanto para traders de opções digitais quanto Forex. O sinal surge quando o preço cruza a linha e fecha em alta. Nesse caso, o trader pode comprar um contrato Mais Alto ou um ativo.

Estratégias com Indicadores

Estratégias de diversificação com indicadores
Estratégias de diversificação com indicadores

Os traders também podem diversificar suas estratégias de trading usando aquelas baseadas em indicadores técnicos. Uma das mais simples é o sistema que utiliza a SMA 20, também conhecida como estratégia Bladerunner. A ideia por trás dela é comprar contratos Mais Altos quando o preço rejeita a média móvel ascendente e contratos Mais Baixos quando ele falha em romper a descendente.

Aqui, temos uma situação onde o preço rebate na SMA 20 ascendente, o que permite ao trader comprar um contrato Mais Alto. Para os Forex traders, essa pode ser uma oportunidade de comprar o ativo.

Diversificação do Horário de Trading

Focar em um único pregão pode ser uma boa ideia. No entanto, se você possui diferentes ativos em sua lista de trading, também é possível explorar diferentes pregões. Por exemplo, se você negocia EUR/USD e deseja adicionar outros ativos que são negociados ativamente durante o pregão asiático, pode esperar o início deste pregão para diversificar sua negociação com moedas, ações ou outros ativos adicionais.

A única coisa que você deve lembrar é que a escolha do horário de trading deve ser feita com cuidado, pois seu horário de operação deve ser confortável. Caso contrário, você corre o risco de ter perdas inesperadas devido a outras atividades que precise conciliar com o trading.

Como Diversificar o Trading de Opções Digitais: Protegendo Suas Atividades de Trading

De modo geral, dependendo do tamanho do seu capital, você pode diversificar o trading de opções digitais de várias maneiras. Além de comprar contratos de opções, os participantes do mercado podem investir das seguintes maneiras:

  • Depósitos bancários. Embora estejam entre as opções de menor rendimento, os depósitos bancários permitem aos investidores proteger seus fundos dos riscos em épocas de turbulência do mercado. Com taxas de depósito próximas à inflação, este instrumento auxilia os participantes do mercado a guardar seu capital;
  • Títulos de dívida e outros instrumentos de renda fixa. Os títulos de dívida, como os bonds, estão entre os ativos considerados safe haven, porém com rendimentos baixos. No entanto, similar aos depósitos bancários, eles podem ser utilizados por traders e investidores para se protegerem dos riscos durante incertezas. Portanto, alocar parte de seus recursos para a compra de títulos pode ser uma boa ideia;
  • Imóveis. Investir em imóveis é outra forma de diversificar os fundos. Para traders e investidores, essa pode ser uma ótima oportunidade para preservar seu patrimônio e até mesmo gerar uma fonte adicional de renda, já que os participantes do mercado podem alugar seus imóveis.

Embora diversos ativos do mercado financeiro possam ser altamente voláteis, os traders possuem formas de se proteger utilizando outros instrumentos. As formas citadas anteriormente para diversificar a atividade de trading não são as únicas, mas estão entre as mais populares.

Principais Benefícios da Diversificação nas Opções Digitais

A diversificação oferece diversas vantagens que permitem aos traders melhorar seu desempenho. Alguns dos principais benefícios para traders de opções digitais incluem:

  • Redução de riscos. Ao comprar mais de um ativo, o trader pode mitigar seus riscos ao distribuí-los entre diferentes ativos negociados.
  • Estabilidade emocional. A diversificação contribui para uma melhor estabilidade emocional, pois alguns ativos trarão lucro mesmo que outras posições estejam em retração.
  • Aumento da lucratividade. Ao criar um portfólio de trading diversificado, o trader aumenta suas chances de obter lucros.
  • Cobertura de múltiplos mercados. A diversificação permite que você negocie ativos em diferentes mercados.

Perguntas Frequentes

Saiba mais sobre diversificação no trading de opções digitais
Saiba mais sobre diversificação no trading de opções digitais

A Diversificação é uma Boa Estratégia?

Isso depende. Aqueles que sabem diversificar seu portfólio tendem a ter um desempenho melhor do que aqueles que não conhecem esse método. No entanto, a diversificação também pode apresentar riscos. 

Posso Misturar Moedas Forex com Outros Ativos no Meu Portfólio de Trading?

Sim, com certeza. Os traders frequentemente utilizam diversos tipos de ativos para mitigar seus riscos.

Qual é o Principal Ponto Negativo da Diversificação no Trading de Opções Digitais? 

O principal risco é que o trader faça a escolha errada de ativos, o que pode aumentar suas perdas ao invés de proteger suas posições de riscos excessivos.

Posso Aplicar a Diversificação no Trading de Opções Digitais?

Sim, com certeza. Existem diversas estratégias que permitem diversificar sua carteira de ativos e também aplicar diferentes sistemas para aprimorar seus resultados de trading.

Redes Sociais
Recomendado
Você se inscreveu com sucesso na newsletter