08 fev, 2024

Indicadores de Trading: Recomendações

Indicadores para negociação: informações básicas sobre ferramentas de análise técnica
Indicadores para negociação: informações básicas sobre ferramentas de análise técnica

Os indicadores de trading estão entre as ferramentas de análise mais populares que traders de opções digitais, CFDs de Forex e ações frequentemente usam em suas estratégias. Fazer trading com indicadores permite que os participantes do mercado contem com fórmulas matemáticas e encontrem pontos de entrada mais precisos. Porém, um dos grandes problemas que os traders quase sempre enfrentam é não saber como usar esses indicadores adequadamente.

Além disso, às vezes, traders iniciantes começam a usar essas ferramentas sem nem mesmo tentar saber um pouco mais sobre elas. Ao ler esse artigo, você aprenderá mais sobre os segredos dos indicadores de trading e descobrirá como usá-los adequadamente em suas estratégias.

Fundamentos Básicos dos Indicadores de Trading

Os indicadores de trading são considerados o alfa e o ômega da análise técnica. Eles são usados por milhões de traders ao redor do mundo. Os principais motivos para essas ferramentas serem tão populares são sua simplicidade e clareza. Quando você olha para gráficos complementados por indicadores, consegue identificar rapidamente a tendência atual ou encontrar os momentos em que o preço está sobrecomprado ou sobrevendido.

Uma das maiores vantagens dos indicadores de trading é que eles fornecem uma imagem clara da situação atual do mercado. Por exemplo, se você pegar uma moving average (média móvel) básica, conseguirá ver a direção do movimento de preço sem nem desenhar uma linha de tendência ou aplicar quaisquer outras ferramentas gráficas.

Os indicadores de trading possuem dois recursos principais. Eles se baseiam em fórmulas matemáticas, que realizam todos os cálculos necessários e desenham linhas e curvas automaticamente nos gráficos.

Vamos dar uma olhada no gráfico acima. Nós adicionamos uma simples moving average com um período de 20. Agora podemos ver a tendência de baixa, que se desenvolveu por algum tempo. Após a tendência de baixa terminar, o indicador cruza o preço e a tendência de alta passa a dominar por alguns momentos.

O principal benefício aqui é que você não precisa fazer nada depois de aplicar o indicador e definir o período que achar apropriado para essa ferramenta específica de análise técnica. O indicador será desenhado automaticamente após os novos cálculos serem feitos. Tenha em mente que não existe nenhuma mágica por trás dessas ferramentas. Elas se baseiam unicamente em fórmulas e você vai poder até mesmo criar seu próprio indicador depois que se tornar um trader mais experiente.

Indicadores Técnicos: Dicas e Truques 

Embora os indicadores técnicos possam parecer muito simples quando se trata do que eles mostram, usá-los pode ser um pouco complicado, principalmente se você não souber os fundamentos básicos da ferramenta que irá aplicar. Sendo assim, gostaríamos de dar algumas recomendações que serão muito úteis para todos aqueles que estão dando os primeiros passos no uso dos indicadores técnicos.

Procure Saber Mais Sobre o Indicador

A primeira coisa que você deve fazer antes de aplicar quaisquer indicadores é procurar saber mais sobre os fundamentos básicos da ferramenta de análise técnica. Isso permitirá que você a utilize de maneira mais precisa, e entenda melhor quando deve confiar em seus sinais e quando deve ignorá-los.

Brinque com as Configurações

Todos os indicadores possuem configurações que você pode ajustar de acordo com suas preferências. Ferramentas como moving averages, e os indicadores baseados nelas, permitem que você defina o período. De maneira resumida, esse período é o número de candlesticks que serão incluídos nos cálculos.

Tenha em mente que não existe nenhuma regra de ouro quando se trata de definir o período. Se você adicionar menos candlesticks, verá o indicador mais próximo do preço. Porém, vão surgir vários sinais falsos, pois o indicador ficará mais flexível.

Quando se trata de períodos mais longos, a linha fica mais reta, mas os sinais são menos frequentes e ficam com uma latência maior. Portanto, ao configurar o indicador, você deve ter essas regras em mente e pensar nas suas prioridades em operar com indicadores.

Não Adicione Muitos Indicadores

A regra de “quanto mais, melhor” não funciona quando se trata de indicadores de análise técnica. Às vezes, mesmo uma única ferramenta desse tipo pode fornecer pontos de entrada incríveis. Porém, se você adicionar várias delas ao mesmo tempo, pode ter sinais contraditórios e perder alguns pontos de entrada interessantes.

Toda vez que você adicionar um indicador ao gráfico, precisa entender claramente o propósito disso. Por exemplo, se você aplicar uma moving average junto com Bollinger Bands, essa combinação não te dará nada especial, pois ambas as ferramentas são ótimas em definir tendências. Além disso, o indicador BB já possui sua própria moving average, o que significa que adicionar outra seria totalmente inútil.

Se Adapte às Condições do Mercado

Se adaptar às condições do mercado é um ponto muito importante que todo trader deve levar em consideração. O exemplo acima mostra uma situação de range, que é quando o preço não possui uma direção clara. Como você pode ver, a moving average é inútil nesse momento, pois fica avançando em direção reta. Porém, se você aplicar um indicador de momentum (ou oscilador), como o RSI ou qualquer outro, terá muitas oportunidades de trading.

É assim que você se adapta às condições de mercado. Se o preço ficar em um range, os indicadores de tendência se tornam totalmente inúteis, enquanto os osciladores, como o Estocástico ou RSI, podem ser de grande ajuda, pois permitem que os traders encontrem pontos de entrada ou confirmem que o preço não vai se mover para as áreas de sobrecompra ou sobrevenda.

Excesso de Dependência dos Indicadores de Trading

Esse é um dos erros mais comuns que a maioria dos traders iniciantes cometem quando começam a usar indicadores técnicos. Eles confiam completamente nos indicadores, sem duvidar de seu poder e sem se certificar da sua precisão. Porém, a verdade é que esses indicadores não são 100% confiáveis.

Você deve analisar cada caso específico e tomar decisões baseadas em dados, em vez de seguir cegamente o que uma ferramenta de análise técnica mostra a você. Lembre-se que a maioria dos indicadores de tendência são atrasados, o que significa que você receberá os sinais um pouco mais tarde. Além disso, dependendo das suas configurações, você pode receber uma porção de pontos de entrada falsos.

O exemplo acima mostra uma tendência de alta, que é confirmada pela moving average. Porém, o RSI deixa a área de sobrecompra num determinado ponto, o que é um sinal para vender um ativo ou comprar opções digitais Mais Baixas.

Se você negocia opções digitais, esses sinais que vão contra a tendência podem ser muito úteis, pois é possível lucrar até 95% sobre seu investimento mesmo com leves movimentos. Quando se trata do trading de ações ou CFDs de Forex, fazer dinheiro com esse tipo de movimento é quase impossível. Além disso, você terá que arriscar muito mais dinheiro para conseguir lucros significativos. Portanto, para esses traders, o excesso de dependência dos indicadores pode acabar em perdas. 

Use os Indicadores Técnicos para Colocar Ordens de Stop Loss e Take Profit

O gerenciamento de capital e de riscos é essencial no trading. Afinal, não dá para desenvolver uma estratégia que proporciona sinais de trading 100% confiáveis o tempo todo. E é justamente aí que o gerenciamento de riscos entra em cena.

Se você negociar opções digitais, não vai precisar gerenciar seus riscos, pois a natureza desses contratos exclui essa necessidade. Isso acontece porque não é possível perder mais do que o seu investimento único com essas opções. No entanto, para os traders de ações ou Forex, que podem perder quantias significativas mesmo em um único trade, gerenciar os riscos é muito importante. Nesse contexto, a primeira coisa na qual você deve pensar ao fazer uma negociação é colocar uma ordem de stop loss. Ao utilizar, por exemplo, moving averages, você pode simplesmente colocar um stop loss abaixo do indicador, quando se tratar de uma tendência de alta.

Em relação ao estabelecimento de metas, usar indicadores é quase impossível se você estiver querendo colocar uma ordem de take profit. Porém, você pode usar ferramentas como, por exemplo, o SAR Parabólico, e definir manualmente o momento em que sairá do mercado.

No exemplo acima, nós desenhamos duas linhas horizontais cinzas. Assim que a tendência de alta parar por um tempo, você pode sair do mercado, pois os pontos do SAR Parabólico aparecem acima do preço.

E assim que o indicador ficar abaixo do preço novamente, você pode reabrir seu trade e esperar os pontos ultrapassarem o preço mais uma vez.

Considerações Finais

Os indicadores de trading são muito importantes, pois permitem que você tenha uma imagem clara da direção do movimento de preço e também ajudam os traders a encontrar pontos de entrada precisos mesmo sem desenhar nenhuma linha no gráfico. Entretanto, é importante saber como esses indicadores funcionam e como ajustá-los a várias condições de mercado.

Embora usar indicadores possa parecer algo muito simples e óbvio, há algumas coisas que devem ser consideradas antes de aplicá-los ao seu gráfico. As recomendações mostradas nesse artigo permitirão que você deixe seu sistema de trading ainda mais confiável e efetivo.

Perguntas Frequentes

Descubra os indicadores técnicos para negociação e saiba mais sobre seus principais recursos
Descubra os indicadores técnicos para negociação e saiba mais sobre seus principais recursos

Qual é o Melhor Indicador de Trading?

Não existe nenhum “indicador melhor”. Cada um deles podem ser muito úteis numa situação específica, dependendo do seu nível de conhecimento acerca da ferramenta e de seu desempenho. Por exemplo, ao usar um indicador de tendência, você pode esperar que ele te mostre a tendência atual do mercado, enquanto que, ao usar um oscilador, é possível encontrar pontos de entrada para reversões de preço e correções de mercado. 

O Que São Indicadores Profissionais de Trading?

Todos os indicadores disponíveis na plataforma Binolla podem ser considerados profissionais. Além disso, com o tempo, você também conseguirá criar seus próprios indicadores e, caso eles tenham um propósito claro, poderá aplicá-los e construir suas estratégias com base neles.

Quantos Indicadores Devo Usar para Criar uma Ótima Estratégia?

Não existe nenhuma regra de ouro quando se trata do número de indicadores que precisamos usar. A única coisa na qual você deve pensar é na efetividade deles. Às vezes, é suficiente usar um único indicador e criar uma estratégia com base nele. Alguns traders usam algumas ferramentas de análise técnica desse tipo para criar seus próprios sistemas de trading.

Qual é a Diferença Entre Indicadores Técnicos e Econômicos?

Os indicadores econômicos são basicamente números que ilustram a inflação, o crescimento econômico e vários índices importantes. Já os indicadores técnicos são fórmulas que desenham linhas e pontos nos gráficos, ajudando os traders a prever futuras flutuações de preço com base no histórico do ativo.

Social
Recommended
After subscribe